SUCESSO E O PRINCÍPIO DO PORCO ESPINHO

SUCESSO E O PRINCÍPIO DO PORCO ESPINHO

Conceito do Porco Espinho:
Conceitos são importantes porque eles guiam nossa linha de pensamento levando a decisões acertadas. As más decisões são uma das principais responsáveis pela criação de problemas tanto nas empresas quanto na vida das pessoas. Por isso, na hora de decidir, é muito importante ter algum parâmetro para balizar nossos pensamentos e nortear nossas escolhas.

Em Administração existem alguns conceitos bastante elegantes. Um deles é o Conceito do Porco Espinho. Inspirado no ensaio de Isaiah Berlin¹ e tornado famoso no mundo dos negócios por Jim Collins², o Conceito do Porco Espinho não é uma estratégia, uma visão ou um plano. É um entendimento do que fazer para se destacar e ser bem sucedido em alguma coisa < seu mercado, sua profissão >.

O embate entre o porco espinho e a raposa é uma metáfora pela sobrevivência. Apesar da raposa ser uma caçadora habilidosa e dominar várias técnicas, na “hora da verdade” ela não consegue capturar o porco espinho. Ele se enrosca no formato de uma bola de espinhos impedindo a raposa de devorá-lo. O porco espinho sempre vence não importa qual técnica a raposa use para caçá-lo.

Essa habilidade única (transformar-se numa bola de espinhos) garante sua sobrevivência < sucesso > no seu meio ambiente < mercado >.

O Conceito do Porco Espinho propõe que você descubra sua COMPETÊNCIA SINGULAR.

Mas do que se trata essa tal de “Competência Singular”?

Ela é o resultado da interseção de três círculos. No primeiro deles está aquilo que lhe entusiasma, que arrebata seu coração. Aquilo que ocupa seus pensamentos nos momentos de ócio ou lazer. Aquilo que vem à sua mente quando você acorda ou que você leva para cama quando vai dormir. Ou seja, sua PAIXÃO.

O segundo círculo é o da aptidão ou competência. Aquilo que você manifesta uma aptidão natural para fazer, algo que flui de você naturalmente e que você faz muito bem. Ou seja, o seu TALENTO.

O último é o círculo da dimensão financeira. Trata-se do potencial do mercado < sua área de atuação > onde você atua de proporcionar-lhe o devido retorno financeiro pelo seu trabalho. Ou seja, se sua atividade pode lhe gerar DINHEIRO.

O sucesso, segundo Collins, é a interseção entre esses três círculos e aquilo que caracteriza a sua COMPETÊNCIA SINGULAR. Algo que deve ser investido e desenvolvido para você ser bem sucedido no seu mercado.

Esse conceito é muito interessante e pode levar a profundas reflexões sobre os rumos que você pode estar trilhando na sua CARREIRA < sua vida > ou mesmo na sua empresa.

Se você não está colhendo os resultados < sucesso > que deseja analise essas esferas na sua vida e veja se você é um “porco espinho”, tem uma competência singular que lhe garante sobressair sobre seus concorrentes, ou se você é uma “raposa” e anda tentando fazer muitas coisas mas falta-lhe consistência para atingir a excelência.

Ou ainda se você está inserido num “meio ambiente” incapaz de prover-lhe os frutos mais saborosos < dinheiro > do seu trabalho.

Pense nisso. Boas reflexões!

  1. Isaiah Berlin. The Hedgehog and the Fox. Simon & Schuster, New York, 1953.
  2. Jim Collins. Good to Great: Empresas feitas para vencer. Editora Elsevier, São Paulo, 2006.

Deixe uma resposta