No dia do combate ao colesterol, saiba o que perguntar ao seu cardiologista

No dia do combate ao colesterol, saiba o que perguntar ao seu cardiologista.

No dia do combate ao colesterol, saiba o que perguntar ao seu cardiologista
No dia do combate ao colesterol, saiba o que perguntar ao seu cardiologista.

Conversar com o cardiologista não é exatamente a coisa mais fácil do mundo. Principalmente, se você acaba de descobrir que as taxas de colesterol estão elevadas, o que aumenta o seu risco de desenvolver uma doença do coração. Porém, além de necessária, a consulta com o especialista pode ser um momento muito proveitoso para sanar seus questionamentos sobre a saúde do coração e prevenir as doenças cardiovasculares.

De acordo com Raul Dias dos Santos, cardiologista e diretor da Unidade Clínica de Dislipidemias do INCOR (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP), o primeiro passo para o paciente aproveitar bem a consulta é estabelecer uma relação de confiança e transparência com o médico.

— Essa boa relação deixa o paciente mais a vontade para esclarecer todas as suas dúvidas e colabora para que a adesão ao tratamento seja a melhor possível — afirma o médico.

Uma das melhores medidas que o paciente pode tomar antes da consulta é preparar uma lista com todas as questões que deseja fazer ao médico. Começando pela mais simples: “como está o meu colesterol?”. Como o colesterol elevado não tem sintoma é comum deixar de lado seu controle.

— O cardiologista deve ser consultado pelo menos uma vez ao ano para verificar a pressão arterial e o colesterol – explica Santos.

Datas como a de 8 de agosto, Dia Nacional do Controle do Colesterol, são importantes para lembrar que as pessoas podem ter fatores de risco que contribuem para o aumento do Colesterol LDL (colesterol ruim) como: genética, dieta inadequada, obesidade, hipertensão, diabetes e tabagismo.

— O intuito destas datas é enfatizar a prevenção, informando que um coração saudável depende de alimentação adequada, exercícios rotineiros e boa qualidade de vida – afirma o especialista.

Segundo o cardiologista, ao sair da consulta, o paciente deve ter claro qual é o seu risco de problemas do coração, quais os tratamentos preventivos mais adequados, seus efeitos colaterais e duração. É importante lembrar que para a maioria das pessoas, se a dieta e estilo de vida falharem, o tratamento medicamentoso com estatina, dentre elas, atorvastatina, deverá ser feito para sempre.

— O paciente precisa deixar o consultório sabendo que os benefícios da adesão ao tratamento são muito grandes e podem reduzir em até 40% o risco de infartos, derrames e morte — finaliza Raul.

Abaixo dicas do médico do que perguntar ao cardiologista durante a consulta:

– Quais são os números do meu colesterol e o que cada um deles significa?

– Como estão os meus triglicérides?

– Posso ter outros fatores de risco?

– Se eu tiver vários fatores de risco, qual é a minha chance de ter uma doença do coração?

– Se eu precisar emagrecer, quantos quilos devo perder?

– Quais são os efeitos da atividade física para o tratamento?

– Qual o melhor exercício para o meu caso?

– Vou precisar mudar a minha alimentação?

– O que devo saber sobre medicamentos para o colesterol alto?

– Quando devo refazer o meu exame de colesterol?

CADASTRE SUA ACADEMIA NO BODY TICKET, E OBTENHA SUAS VENDAS ON-LINE. TUDO MUITO FÁCIL E SEGURO CONFIRA AQUI
CADASTRE SUA ACADEMIA OU SEU BOX DE CROSSFIT NO BODY TICKET, E OBTENHA SUAS VENDAS ON-LINE. TUDO MUITO FÁCIL E SEGURO CONFIRA AQUI.
  • CADASTRE COMO ALUNO NO BODY TICKET E OBTENHA DESCONTOS E VANTAGENS NAS ACADEMIAS E BOX CROSSFIT.
  • ESCOLHA A ACADEMIA MAIS PRÓXIMA E ADQUIRE SUA MENSALIDADE PELO MENOR PREÇO EM NOSSO PORTAL DE ACADEMIAS BODY TICKET
    ESCOLHA A ACADEMIA OU CROSSFIT MAIS PRÓXIMO E ADQUIRE SUA MENSALIDADE PELO MENOR PREÇO EM NOSSO PORTAL DE ACADEMIAS BODY TICKET.

     

    DOUTOR GUILHERME KLEIN
    DOUTOR GUILHERME KLEIN

Aumentar os Níveis de Testosterona Naturalmente

hand with pen drawing the chemical formula of testosterone

Existem muitos fatores que determinam o volume muscular que uma pessoa pode conseguir. A intensidade do treinamento, nutrição, suplementação e descanso são apenas algumas variáveis que contribuem para a construção de músculos.

Outro fator importante é o nível de hormônios anabólicos naturais em nosso corpo, em outras palavras, o nível de testosterona.

Testosterona é o hormônio mais importante para o crescimento muscular, e seus níveis determinam a quantidade de músculos uma pessoa pode construir.

Veja alguns dos principais benefícios que o aumento dos níveis naturais de testosterona podem lhe oferecer:

– Aumento de volume e força muscular

– Diminuição do nível de gordura corporal

– Maior desejo e resistência sexual

– Melhora do Humor

– Diminuição dos Níveis de Colesterol

Parece bom, não é mesmo? Então veja abaixo 10 passos para aumentar os níveis de testosterona naturalmente.

1º – USE EXERCÍCIOS COMPOSTOS COMO BASE EM SEU TREINO

Eu estou falando de exercícios básicos, como supino reto, levantamento terra, agachamentos, remadas, mergulhos, desenvolvimento frontal de ombros, enfim, nada de mirabolante. Esses exercícios trabalham vários grupos musculares ao mesmo tempo, fazendo com que a quantidade de stress muscular gerada aumente os níveis de testosterona.

2º TREINE SEMPRE NO LIMITE

Se você realmente deseja ganhar músculos de verdade, deve estar disposto a treinar com o máximo de esforço e intensidade todos os dias. Não confunda “esforço e intensidade” com “passar horas na academia”. Você deve apenas realizar os exercícios com pesos difíceis de levantar, levando seus músculos ao limite. Repito, quanto maior o stress muscular, maior o nível de testosterona produzido.

3º – TREINE AS PERNAS TÃO FORTE QUANTO A PARTE SUPERIOR DO CORPO

Conheço muitas pessoas que simplesmente “pulam” o treino de pernas. Mal sabem elas que esse tipo de treinamento estimula o crescimento dos peitos, costas e braços. Isso ocorre devido ao aumento de testosterona que é induzido pelo treino de pernas.

4º – AUMENTE O CONSUMO DE GORDURAS BOAS

Alimentos ricos em gorduras boas são ótimos para aumentar os níveis de testosterona naturalmente.

5º – REDUZA O CONSUMO DE SOJA

A proteína de soja aumenta os níveis de estrogênio (o principal hormônio feminino), e isso tem um efeito negativo sobre os níveis de testosterona.

6º – LIMITE O CONSUMO DE ÁLCOOL

Várias pesquisas e estudos mostram que o álcool causa um efeito trágico nos níveis de testosterona. Evite beber toda vez que sair, a não ser que goste de jogar fora o seu esforço na academia.

7º – AUMENTE O CONSUMO DE VEGETAIS CRICÍFEROS

Alguns estudos mostram que os vegetais crucíferos reduzem drasticamente os níveis de estrogênio, aumentando os níveis de testosterona. Couve-flor, rabanete, nabo e brócolis são alguns exemplos.

8º – REDUZA O SEU NÍVEL DE STRESS DIÁRIO

Estar estressado demais estimula a liberação de cortisol, um hormônio altamente catabólico, e isso fará com que seus níveis de testosterona caiam drasticamente. Relaxe, divirta-se mais, não fique pensando nos problemas, foque nas soluções.

9º – AUMENTE SUA ATIVIDADE SEXUAL

O estímulo sexual faz o corpo aumentar a produção de oxitocina, aumentando a produção de endorfina, e também aumentando os níveis de testosterona.

10º – DURMA BEM

A falta de sono contribui para a produção de cortisol, e isso vai diminuir seus níveis de testosterona. No mínimo, tente dormir de 7-8 horas diárias.

Seguindo esses 10 passos simples vistos acima, você terá todo o suporte necessário para aumentar os níveis de testosterona naturalmente. Inicie o processo de aplicação dessas técnicas e prepare-se para ter dramáticos ganhos de força e músculos.

Porém, para ter bons ganhos de massa muscular você terá que caprichar na dieta, não tem jeito.

CADASTRE SUA ACADEMIA NO BODY TICKET, E OBTENHA SUAS VENDAS ON-LINE. TUDO MUITO FÁCIL E SEGURO CONFIRA AQUI.

CADASTRE COMO ALUNO E OBTENHA DESCONTOS E VANTAGENS

ESCOLHA SUA ACADEMIA MAIS PRÓXIMA E ADQUIRE SUA MENSALIDADE PELO MENOR PREÇO EM NOSSO PORTAL BODY TICKET