Reputação Digital SERP Domination

Reputação Digital SERP Domination

Como Colocar o Site da Academia na Primeira Página do Google.

O que é Serp Domination?
SERP é uma sigla para Search Engines Result Page. SERP Domination é, literalmente, dominar os resultados dos sistemas de buscas. Deu para começar a entender? Ótimo.
Serp Domination
Esta técnica é utilizada para se dominar os primeiros resultados de uma busca orgânica de certa palavra-chave, ou seja, você domina a primeira página inteira, ou boa parte dela. É uma técnica utilizada há um bom tempo no mundo SEO. Inclusive muitos SEOs do Brasil já fazem está técnica, mas não sabem que este é o nome utilizado.

Para que fazer uma Serp Domination?
Existem vários motivos para se criar uma Serp. Para mim, estes são os mais importantes:

Deixar a concorrência para trás: evita que os concorrentes, que podem estar mal otimizados, sejam vistos quando se pesquisar por palavras-chave de produtos e/ou serviços que a sua empresa oferece, colocando os concorrentes na segunda página em diante.
Evitar domínios semelhantes: não deixe que domínios semelhantes ao seu tomem o seu público, mesmo por engano. Supondo que seu site tenha o domínio www.meusite.com.br. A concorrência pode adquirir o domínio www.meusites.com.br ou outro semelhante, levando usuários desavisados a clicarem, achando que é o seu.

Resultados inconvenientes: é possível evitar que, em uma busca por um produto ou marca, uma reclamação de algum cliente insatisfeito apareça na primeira página. Por exemplo, se você digitar no Google “Net Virtua” vai ver, nos primeiros resultados, uma bela reclamação. Veja a figura 1. Utilizando a técnica de Serp seria possível empurrar resultados como este para baixo.
Divulgar imagens, blog, fórum, redes sociais e vídeos: Divulgue na primeira página links de imagens relacionadas à empresa, produto ou serviço. Links para blog, fórum e redes sociais, como Ning e Twitter, que a empresa fizer parte. Otimize seus vídeos para que eles também façam parte da Serp.

Como criar uma estratégia de Serp?

Normalmente se cria uma estratégia de palavra-chave relacionada à marca e ao conceito, separadamente, e outras palavras-chave relacionadas a marca+conceito. As abordagens relacionadas à marca são as mais comuns por serem mais fáceis. O que acontece, também, é que, em muitos nichos de negócios, algumas marcas são conhecidas pelo seu nome, e nem tanto pelos produtos, daí usuários buscam por palavras-chave compostas de produto+marca. As técnicas mais conhecidas envolvem subdomínio, blogs, resultados identados, redes sociais e qualquer coisa que o analista de SEO possa controlar.

Figura 2 Resultado identado melhora a SERP

Esta técnica nada mais é que criar uma identação entre duas páginas suas no resultado de busca. Para fazer a identação você pode criar uma estratégia de link building entre duas de suas páginas. Digamos que você tem uma Landing Page que fala de um produto e no seu blog há um artigo que fala sobre este produto. Você cria um link de uma página para outra e trabalha o posicionamento de ambas, e o mecanismo de busca se encarrega de criar a identação, colocando em primeiro a página que ele acha mais relevante. Caso você já tenha uma página bem colocada, pode referenciar um link nesta página para a sua segunda página melhor colocada, isso também pode resultar numa identação. A utilização de subdomínios também pode ajudar a criar um resultado identado.

Na figura 3 mostro a SERP da Body Ticket que domina os 10 primeiros resultados, que é uma excelente SERP.

ANALISTA DE SEO
Certificação Google Analytics
Certificação do Google AdWords

CADASTRE SUA ACADEMIA NO BODY TICKET, E OBTENHA SUAS VENDAS ON-LINE. TUDO MUITO FÁCIL E SEGURO CONFIRA AQUI.

CADASTRE COMO ALUNO E OBTENHA DESCONTOS E VANTAGENS

Bioimpedância

Bioimpedância
COMPRE AQUI SEU EXAME ON-LINE

Bioimpedância Tetrapolar em BH

O exame de BIOIMPEDÂNCIA avaliação com alta precisão a composição corporal. É o exame mais preciso para avaliação da composição corporal de acordo com o Consenso Latino Americano de Obesidade. O melhor é a rapidez e praticidade para realizar esse exame. Após o exame você tem todos resultados, sem picadas de agulhas ou qualquer outro desconforto. O exame de bioimpedância em BH é realizado em atendimento domiciliar marque pelo zap (31) 99506-1099 agende seu horário. A Bioimpedância Elétrica ( Bioelectrical Impedance Analysis ou BIA ) é um sistema de avaliação da composição corporal. -Através deste sistema consegue-se medir. •Real % Gordura Corporal e Peso Gordura •% de massa magra e massa magra corporal •% Água Corporal (hidratação correta do corpo) • Taxa Metabólica Basal (TMB) Quanto você gasta em calorias por dia. . Gasto energético atividade aeróbica . Gasto energético atividade anaeróbica. . Balanço calórico total. . frequência cardíaca segura atividade aeróbica. . Sugestão de dieta

Bioimpedância tetrapolar, multissegmentado, multifrequência

O que é Bioimpedância?

SAIBA REALMENTE QUAL O SEU PESO PELA AVALIAÇÃO DE GORDURA, MASSA MUSCULAR, METABOLISMO BASAL ATRAVÉS DO EXAME DE BIOIMPEDÂNCIA
O exame foi considerado pelo Consenso Latino Americano de Obesidade como um método apurado para avaliação da composição corporal.

A Bioimpedância Elétrica ( Bioelectrical Impedance Analysis ou BIA ) é um sistema de avaliação da composição corporal.

Através deste sistema consegue-se medir.

O aparelho calcula:

•Real % Gordura Corporal e Peso Gordura
•% de massa magra e massa magra corporal
•% Água Corporal (hidratação correta do corpo)
• Taxa Metabólica Basal (TMB) – Quanto você gasta em calorias por dia.
. Gasto energético atividade aeróbica
. Gasto energético atividade anaeróbica.
. Balanço calórico total.
. frequência cardíaca segura atividade aeróbica.
. Sugestão de dieta para acompanhamento de um profissional de nutrição.
• Valores de Impedância de 50kHz

Este sistema consiste na passagem de uma corrente elétrica de baixa intensidade (500 a 800 µÄ) e de alta freqüência (50 kHz) através do corpo, sendo esta corrente imperceptível.

Os tecidos magros (sem gordura), são altamente condutores por conterem grande quantidade de água e eletrólitos, sendo portanto um meio de baixa resistência elétrica.

Gordura e ossos são maus condutores, oferecendo maior resistência elétrica.

A impedância corporal é a resistência corporal a passagem de uma corrente elétrica, sendo a unidade de medida da mesma feita em Ohms (?).

Quanto maior a quantidade de água contida no corpo, mais facilmente a corrente elétrica irá passar.

O que os resultados da Bioimpedância significam?

Gordura: a gordura representa a energia armazenada no corpo. Todos precisam de gordura no corpo, mas é importante não exceder um limite saudável, principalmente as gorduras que indicam comorbidades, como o excesso de gordura visceral . De uma maneira geral as mulheres possuem maior porcentagem de gordura distribuída pelo corpo do que os homens.

Massa Sem Gordura (MSG): este valor é, literalmente, o que restaria se toda a gordura corporal fosse removida, muitas vezes também chamada de Massa Magra do corpo (MM). Esta massa contém os músculos, os ossos e a água corporal.

Água Corporal Total (ACT): literalmente, a soma total da água no copo. Desde de que a gordura tem essencialmente 0% de água, a ACT está inteiramente contida dentro da MSG. A hidratação, de uma forma geral, é um importante marcador de saúde.

Massa Magra Seca (MMS): MMS é aquilo que restaria se 100% da água fosse extraída da massa sem gordura (MSG). Em outras palavras: MMS = MSG – ACT.

Água Intra-Celular (AIC): esta é a porção da Água Corporal Total que está localizada dentro das células do corpo. A hidratação intra-celular é um importante indicador de saúde.

Água Extra-Celular (AEC): esta é a porção da Água Corporal Total que está localizada fora das células do corpo. Exemplos onde é encontrado AEC incluem, mas não são limitados a: plasma sanguíneo, fluido espinhal, fluidos das juntas, um edema.

Peso Desejado: ou peso ideal, pode vir de uma decisão entre o paciente e o profissional da área de saúde, ou pode ser apontado automaticamente pelo software de composição corporal, que a partir dos dados de entrada e um conjunto de equações matemáticas para este fim, calcula um peso ideal. O primeiro método é o preferido em nosso consultório, pois resultou de uma consulta médica e nutricional detalhada.

Índice de Massa Corporal (IMC): O IMC de uma pessoa é igual ao seu peso em quilogramas dividido por sua altura em metros elevado ao quadrado. O IMC é comumente usado como um indicador para a magreza, sobrepeso e obesidade (clique em IMC para saber mais). Contudo é importante notar que alguém com “sobrepeso” pode não necessariamente estar com “excesso de gordura”. Uma pessoa sedentária, consumidora de calorias em excesso pesando 85Kg e medindo 1,70m e outra pessoa fisiculturista pesando 85Kg e medindo 1,70m terão exatamente o mesmo IMC. São casos como este que demonstram a importância da avaliação da composição corporal através da análise de bioimpedância!

Taxa Metabólica Basal (TMB): a Taxa Metabólica Basal representa o número de calorias que uma pessoa irá usar por dia, pelo simples fato de estar viva, sem praticar nenhum exercício físico e sem ingerir nada (exemplo: deitado em uma cama e apenas respirando). Seria o equivalente ao combustível necessário para manter um carro ligado parado em ponto morto.

Gasto Diário de Energia (GDE): de uma maneira geral as pessoas não ficam deitadas o dia inteiro em uma cama, fazendo nada além de respirar. Para se estimar quantas calorias uma pessoa na verdade queima em um dia (GDE), é feito um cálculo (a partir do software de composição corporal) utilizando-se a Taxa Metabólica Basal (TMB) mais a energia gasta de acordo com o seu “nível de atividade física diária”.

Ângulo de Fase (AF): matematicamente, o ângulo de fase é o arco-tangente do valor da reatância sobre a resistência, que é medido em graus. Vários estudos já foram feitos relacionando-se o ângulo de fase da bioimpedância com fatores relacionados a saúde humana, incluindo condições de sáude de pacientes acamados [5].

Para fazer essa avaliação, o examinado deve deitar calmamente de costas e não fazer movimentos durante o teste. Dois eletrodos do tipo “adesivo” são colocados no punho e dois no tornozelo, em um dos lados do corpo. Os pontos de localização dos eletrodos devem ser desengordurados (com álcool). Os membros superiores não podem tocar o tronco e os membros inferiores não podem estar encostados.

O sistema de Bioimpedância Elétrica com eletrodos nos membros superior e inferior de uso profissional apresentam melhor acurácia que os aparelhos encontrados no mercado, sendo estes geralmente na plataforma de balanças. Nestes os eletrodos encontram-se em contato apenas com os pés (regiões plantares), passando a corrente elétrica somente pelas pernas e pela região pélvica (uma corrente toma sempre o caminho mais curto). Isto resulta em uma composição corporal deficitária devido ao fato de ignorar o tronco e os membros superiores, podendo ocorrer um exagero na proporção de água se a pessoa tem celulite (ou edemas) ao nível dos membros inferiores, ou simplesmente se a bexiga não está vazia.

É um exame feito a fim de analisar a composição corporal de uma pessoa. O exame de bioimpedância permite o conhecimento específico do percentual dos constituindo do peso corpóreo, ou seja, ele esclarece a quantidade de massa magra, quantidade de água corporal e a quantidade de gordura contida no corpo, assim oferecendo o valor correspondente ao IMC (Índice de massa corpórea). Esse exame pode ser realizado em academias e com médicos, principalmente nutricionistas esportivos.

Por que fazer o exame de bioimpedância?
Ele é muito recomendado para pessoas que estão fazendo dietas e desejam perder ou ganhar peso para diversas finalidades. Os programas de atividades físicas e reeducação alimentar podem contar com um melhor suporte, assim, os resultados e mudanças corporais podem ser notadas não só a olho nu, mas com embasamento nutricional.

Como funciona?
O exame de bioimpedância é feito através da aplicação de uma pequena corrente elétrica pelo corpo. Sabemos que a água é o único elemento em nosso corpo que conduz eletricidade, sendo assim, quando a corrente passa pelo corpo, pode-se medir a impedância da água.
O resultado de impedância obtido possibilita o cálculo de volume exato que há de água no organismo, sendo assim computadas com exatidão a quantidade de massa magra e gorda contida no corpo. É importante ressaltar que quanto maior for o percentual de gordura do indivíduo, maior será a complicação para a corrente elétrica atravessar o corpo.
As salas de exame de bioimpedância devem ser climatizadas com temperatura entre 20 e 25 graus.
Os equipamentos utilizados para a realização do exame de bioimpedância podem ser caracterizados como regional, segmentar ou total. Podemos chamar de regional o exame em que a corrente atravessa apenas uma região (superior ou inferior) do corpo. Segmentar consiste no exame em que cada membro é avaliado de forma individual, e o total se refere ao exame em que a corrente atravessa o corpo como um todo, sendo o paciente avaliado em decúbito dorsal, onde são utilizados 4 eletrodos.
A avaliação segmentada é tida como a mais detalhada, pois pode demonstrar as possíveis variações em todas as regiões do corpo.
O bioimpedanciometro octapolar tem se destacado entre as tecnologias do ramo. Ele conta com 8 eletrodos e a medição pode ser feita com a pessoa em pé, o que possibilita a identificação sobre resistência e reactância de todo o corpo.
Há também balanças com visores digitais, as quais possibilitam a medição detalhada dos componentes do corpo, porém, afirma-se ser menos precisa que o exame de bioimpedância com alto suporte tecnológico.
Veja abaixo as informações detalhadas que pode-se obter através da realização do exame de bioimpedância:
Peso corpóreo;
IMC (Índice de massa corpórea);
Massa muscular esquelética;
Massa de gordura corporal;
Massa livre de gordura;
Percentual de gordura corpórea;
Água corporal total;
Taxa de metabolismo basal;
Relação de cintura-quadril;
Controle de gordura;
Controle de músculos;
Análise segmentada de massa magra (quatro membros e tronco);
Impedância de cada segmento.

Devo fazer o exame?
Você deve estar se perguntando se há a real necessidade de se submeter ao exame. É interessante conhecer nosso corpo e verificar quais mudanças poderiam ocasionar uma melhor qualidade de vida, por isso, se você se enquadra entre as pessoas que sofrem com obesidade, sobrepeso ou fatores semelhantes, o exame de bioimpedância pode proporcionar que o seu médico possa acompanhar seu caso de uma forma diferenciada, assim oferecendo um melhor suporte.
Atletas se submetem a esse perfil de exame, mas se você deseja emagrecer ou obter massa muscular de forma saudável, conhecer melhor seu corpo pode contribuir para que você aprimore sua performance nas atividades, obtendo assim mais saúde.
Quem não pode fazer o exame de bioimpedância?
Aparentemente o exame não oferece qualquer risco, mas para evitar qualquer reação ou complicação, restringe-se a submissão de portadores de marca-passo ou quaisquer aparelhos eletrônicos semelhantes. Pessoas com pinos, placas metálicas e gestantes também devem se manter longe desse processo.

Como é o procedimento?
1º passo: Você deve interromper a prática de exercícios físicos e o consumo de bebidas alcoólicas, doces, bebidas com cafeína na composição 48 a 24 horas antes do procedimento;
2º passo: Não frequentar saunas durante as 12 horas que antecedem o exame;
3º passo: Manter-se em jejum durante as 4 horas anteriores;
4º passo: Urinar 30 minutos antes do procedimento;
5º passo: Retirar todos os objetos metálicos do corpo, como joias, aneis, pulseiras, relógios e afins;
6º passo: É necessário que você se mantenha em uma determinada posição de repouso por 5 a 10 minutos.
COMPRE AQUI SEU EXAME ON-LINE
Onde fazer?

Bioimpedância grátis BH - Academia Êxito - Barro Preto
Bioimpedância grátis BH – Academia Êxito – Barro Preto

O exame pode ser feito na
ACADEMIA ABRACADÁGUA
Bioimpedância Tetrapolar em BH

Rua Benjamim Jacob, 93 – Gutierrez, Belo Horizonte – MG, Brasil
Fone: (31) 3334-9090
Atendimento domiciliar ligue e marque 31 3334-9090
Agende seu horário
Horário de funcionamento
  • Segunda a Sexta 07:00 às 18:00
  • Sábado 09:00 às 13:00

Dicas
Faça o exame de bioimpedância com periodicidade determinada, assim você poderá ter um controle sobre suas mudanças corporais e avaliará sua evolução;
Guarde todos os resultados e compare-os;
Compartilhe os resultados obtidos no exame não só com seu médico, mas também com o seu educador físico, dessa forma ele poderá criar um planejamento de atividades condizente com o seu perfil e objetivo;
Hidrate seu corpo antes do procedimento, pois corpos desidratados demonstram menos massa magra, logo, aparentando maior volume de gordura, se comparado aos corpos hidratados. É recomendado consumir, no mínimo, 2 litros de água no dia anterior ao procedimento;
Não é permitido consumir bebidas alcoólicas e que contenham cafeína em sua composição durante as últimas 12 horas que antecedem o exame;
Não é recomendada a realização de atividades físicas dentro das 10 horas que antecedem o exame de impedância;
É necessário se manter longe de remédios e alimentos diuréticos no dia anterior, pois pode reduzir o percentual de água que conduzirá a eletricidade durante o exame.

COMPRE AQUI SEU EXAME ON-LINE
CADASTRE SUA ACADEMIA NO BODY TICKET, E OBTENHA SUAS VENDAS ON-LINE. TUDO MUITO FÁCIL E SEGURO CONFIRA AQUI.CADASTRE COMO ALUNO E OBTENHA DESCONTOS E VANTAGENS

Nada é tão eficaz para malhar as pernas e glúteos como o agachamento

Nada é tão eficaz para malhar as pernas e glúteos como o agachamento

beautiful sporty sexy woman doing squat workout in gym

Dica Rápida para Pernas e Glúteos
Nada é tão eficaz para malhar as pernas e glúteos como o agachamento, sendo trabalhado corretamente de forma moderada e completa você poderá até naquele dia tirar os exercícios de glúteos.

Você poderá fazê-los tanto no início do treino, no meio combinado com alguns exercícios para pernas onde esta dando mais ênfase ou terminar com ele para trabalhar como um todo os membros inferiores.

Depende do seu treino. Agachamento treina forte o quadriceps e a parte lateral posterior do bumbum (glúteo máximo), faz muito bem para mulheres e homens.

gora, por que?
Exercícios de quatro apoios não promovem hipertrofia dos glúteos, eles simplesmente modelam. Então, estes são exercícios para quem já possui uma boa quantidade de massa muscular ou para quem quer simplesmente modelar o bumbum. Para a surpresa de muitas ou até mesmo, tristeza, o grande construtor de massa muscular, não só no glúteo, como também geral (a seguir explico o motivo) é o AGACHAMENTO.

O agachamento é um exercício básico e composto, um dos pilares da musculação, executando-o você recruta a ação de grande quantidade de músculos, além de estimular a produção natural de testosterona, hormônio extremamente anabólico e produzido em pequena quantidade pelas meninas. É por este motivo que após um treino intenso e bem feito de pernas, é comum se sentir enjoado ou até mesmo, fraco.

O agachamento é o principal exercício de membros inferiores, mas lembre-se, como já falamos em outros posts, principal não quer dizer primeiro. Sempre inicie o treino pré fadigando de forma específica o músculo que irá treinar, no caso do treino de quadríceps, inicie com a cadeira extensora, isolando ao máximo o quadríceps e aquecendo-o para o principal e segundo exercício, o agachamento.

Agora vamos ao foco do artigo, o que seria amplitude máxima no agachamento?
Infelizmente, é algo pouco usado nas academias pela falta de conhecimento e estrutura humana. Muitas academias chegam a proibir o agachamento sendo executado além dos usuais 90º. O que acontece é que são poucos os instrutores capacitados para ensinar os alunos a agachar de forma eficaz e segura, então, fica mais fácil proibir um exercício tão importante por este trazer possíveis riscos para a saúde do aluno. Mas, podemos comparar este fato com a máxima “A diferença entre o remédio e o veneno é a dosagem”. Se feito de forma correta, será um grande Up no desenvolvimento de membros inferiores. Se feito de forma errada, um grande responsável por aparecimento de lesões.

Então, o que aconselhamos é encontrar profissionais capacitados para lhe supervisionar e orientar na execução de agachamentos. Se seu professor é um dos que é contra a amplitude máxima, comece a duvidar das demais coisas que ele diz e pesquise antes de seguir cegamente tudo que ele lhe passa. Mas vamos lá, de que forma podemos acionar o recrutamento máximo dos glúteos ao agachar?

Gostamos de usar o SMITH, mais pela segurança mesmo, pois vamos supor que você treine de verdade e chegue a falha muscular no agachamento livre, onde irá guardar a barra caso falhe na parte de baixo do movimento? O Smith através da barra guiada possibilita que você possa guardar a barra em praticamente todas as fases do movimento. Porém a execução neste tem suas particularidades, as quais iremos explicar a seguir:

Primeiramente, posicione a barra em cima do seu trapézio, não na nuca como alguns usam. Abra suas pernas na largura dos ombros e mantenha os joelhos apontados para frente e também a frente do seu quadril. Aponte seu pés levemente para fora para dar ênfase na parte interna da coxa, e seu quadril sempre alinhado com seus ombros e com a barra, nada de empinar o bumbum e jogar o quadril para trás no Smith, isso irá machucar sua lombar. Se possível, para maior segurança da mesma use um cinto protetor.

Resumindo de forma que seja melhor visualizado, é como se você fosse sentar-se em uma cadeira, mas o grande Up é descer além dos usuais 90º, de forma que seu bumbum quase toque o chão. Uma dica é executar a forma excêntrica ou negativa do movimento de forma bem lenta e controlada, nunca feche seus joelhos a ponto de tocá-los, na pior das hipótese abra-os. A forma concêntrica pode ser feita também de forma controlada como de forma explosiva, Porém, sem esticar totalmente a perna no final do movimento e parando o mínimo possível neste, para que você não descanse durante a execução do exercício.

CADASTRE SUA ACADEMIA NO BODY TICKET, E OBTENHA SUAS VENDAS ON-LINE. TUDO MUITO FÁCIL E SEGURO CONFIRA AQUI.

CADASTRE COMO ALUNO E OBTENHA DESCONTOS E VANTAGENS

O que priorizar no treino de musculação quando o tempo é reduzido

O que priorizar no treino de musculação quando o tempo é reduzido.

Sportive woman using weights press machine for legs at the gym. Pretty brunette exercising in a simulator. Working her quads at machine. Black and white.

O que priorizar no treino de musculação quando o tempo é reduzido.

Reduzir o número de séries ou de repetições, diminuir a quantidade de exercícios por músculo e fazer atividades combinadas são alternativas.

Manter uma rotina de atividade física e treinos não é nada fácil, isso porque diariamente temos inúmeras surpresas durante o dia que em algum momento pode atrapalhar e diminuir o tempo que havia sido planejado se exercitar. Dentre essas surpresas as mais comuns são o transito, o fato de ficar mais tempo no trabalho, um dia de chuva, um carro que quebrou, um despertador que não tocou e por ai vai. A questão em dúvida é no que fazer quando a expectativa de treino era 1 hora e agora só tenho 40 minutos ou até menos.

No geral quem tem o tempo reduzido não pode deixar de trabalhar os principais grupos musculares que foi planejado no seu treinamento, mas é evidente que levando em conta apenas as questões estéticas seria menos pior as mulheres abrirem mão dos exercícios de membros superiores, assim como os homem abrirem mão daqueles de membros inferiores. Em nenhum dos casos se aconselha deixar de fazer exercícios para o core que envolve principalmente a musculatura abdominal, lombar e oblíquos.

Além disso existem algumas outras possibilidades para quem está com o tempo de treino reduzido. São elas:

Diminuir o número de séries. Por exemplo: ao invés de 3 fazer 2.
Diminuir o número de repetições. Por exemplo: ao invés de 15 fazer 12.
Diminuir a quantidade de exercícios por músculo. Por exemplo: tinha 2 para o bíceps e você faz somente 1.

Realizar os exercícios de forma combinada

Por exemplo: fazer um exercício para membros superiores e ao invés de descansar já vai fazendo outro que preferencialmente deve ser para membro inferiores ou para um músculo antagonista ao que foi trabalhado. Algo como alternando bíceps com cadeira extensora ou bíceps com tríceps.

Além disso, existe a possibilidade de abrir mão de algum músculo que já é trabalhado em outro exercício. Isto porque normalmente o trabalho muscular convencional tem uma divisão de exercícios por grupo muscular, mas muitos desses exercícios não trabalham apenas um músculo em específico. Um exemplo clássico é o supino que é um exercício prescrito para a musculatura peitoral, porém durante a sua execução utiliza também tríceps e a porção do deltoide anterior.

Seguindo essa linha de raciocínio, se você for ter que cortar algum exercício por problemas com tempo e na sua série tem, por exemplo, um supino e algum exercício para o tríceps certamente a melhor alternativa seria não realizar o tríceps. Como esse exemplo temos vários outros e existem exercícios com características mais funcionais que trabalham 3, 4, 5 ou até mais grupos musculares ao mesmo tempo.

Como cada caso tem suas particularidades é de extrema importância que o praticante converse com seu professor para este profissional faça os ajustes necessários nesses dias em que o tempo está corrido.

É importante deixar claro que em qualquer uma dessas alternativas o efeito do treino, assim como seus resultados, poderão ser comprometidos. Por isso, fique atento para a falta de tempo que é esporádica não vire uma situação real porque se isso acontecer todo seu treino deve passar por um novo planejamento.

CADASTRE SUA ACADEMIA NO BODY TICKET, E OBTENHA SUAS VENDAS ON-LINE. TUDO MUITO FÁCIL E SEGURO CONFIRA AQUI.

CADASTRE COMO ALUNO E OBTENHA DESCONTOS E VANTAGENS