LAGOA SANTA ABRIGARÁ MERCADÃO INTERNACIONAL

LAGOA SANTA ABRIGARÁ MERCADÃO INTERNACIONAL
Todos os espaços gastronômicos terão uma varanda, para que as degustações possam ser feitas ‘do lado de fora’ – Crédito: Divulgação

Por Juliana Siqueira

Um complexo que reúne comercialização de produtos típicos de mercado, como itens alimentícios e de artesanato, área de feiras e exposições nacionais e internacionais, amplo estacionamento e espaço temático, como aeronaves antigas e veículos customizados. Este é o Mercadão Internacional de Lagoa Santa, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), cuja previsão de inauguração é para dezembro deste ano.

MERCADÃO INTERNACIONAL

Segundo Jader Kalid, um dos idealizadores do projeto, ainda não é possível afirmar, com precisão, quanto será o investimento no novo negócio. No entanto, já é possível ter ideia da grandiosidade do empreendimento: são 40mil m², 320 boxes – destes, 200 já estão reservados – e 2.500 vagas.

“Estamos fazendo tudo com recursos próprios. O empreendimento é totalmente privado”, diz.

O idealizador explica que a escolha pela cidade é estratégica, uma vez que o município, de acordo com ele, conta com uma gestão moderna. A localização também é um ponto importante: os 5 km de distância do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, prometem facilitar a vida dos turistas que irão conhecer o negócio, otimizando o tempo, ainda, daqueles que participarão de eventos importantes no Mercadão Internacional de Lagoa Santa.

“Estamos com um apoio muito grande da população, ainda mais por ser o único mercado turístico da cidade. Estamos projetando Lagoa Santa em todo o Brasil e, inclusive, internacionalmente”, avalia.

Mais trabalho – Os impactos para o município deverão ser vários. Kalid lembra que a aprovação da Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica torna mais fácil a abertura de empresas, e isso tem sido um incentivo para os lojistas, donos de pequenos negócios.

“Os pequenos empresários poderão fazer um investimento de baixo risco. O valor dos aluguéis é a partir de R$ 650. Não pedimos fiador e o contrato é de três anos”, ressalta ele.

Kalid afirma, ainda, que será feita uma curadoria para que um lojista não concorra com o outro. A expectativa é a de que 1.000 empregos diretos sejam gerados.

Outro impacto econômico, de acordo com Kalid, está ligado à prioridade que será dada aos produtores do Vetor Norte.

“Temos uma potência muito grande ligada ao agronegócio”, frisa.

Kalid ressalta, ainda, os benefícios que a rede hoteleira da cidade terá com o Mercadão Internacional de Lagoa Santa.

“O empreendimento também já impulsionou o mercado imobiliário. Para se ter uma ideia, diversos imóveis do entorno já foram vendidos”, diz.

Inovação – Tendo em vista tudo o que o espaço oferece, Kalid destaca que o empreendimento é algo inovador. E, por falar em inovação, o conceito gastronômico, diferenciado em relação aos outros mercados é, segundo o profissional, um dos pontos que revelam essa característica.

“Todos os espaços gastronômicos terão uma varanda, para que as degustações possam ser feitas ‘do lado de fora’”, salienta.

Compras para o Natal – As expectativas para a inauguração são ótimas. Uma ação já foi pensada, inclusive, para que as compras de fim de ano sejam um sucesso.

“Vamos inaugurar já com um evento natalino”, destaca.

Expansão – Kalid revela que outras cidades já o procuraram para a implementação do projeto.

“Primeiramente, entregaremos o de Lagoa Santa. Pode ser que o próximo seja no ano que vem”, afirma ele.

Marcos Muniz
Analista SEO Sênior - Search Engine Optimization
Marcos Muniz – Analista SEO Sênior – Search Engine Optimization
CategoriasSem categoria