Converse com seu professor

converse com seu professor
Fit woman talking to her trainer at the gym

Conversando com uma aluna, fiquei sabendo que ela estava participando de um grupo de corrida. Perguntei a ela sobre seus treinos, quando o treinador passava a programação, como era sua estratégia de provas… Respostas:
“Recebo uma planilha, por e.mail, uma vez por mês.” 
“Meus treinos são aqueles e pronto. Posso estar doente, cansada, que tenho que fazer os treinos.”
“Estratégia de prova? Nunca recebi nenhuma orientação neste sentido.”
PELO AMOR DE DEUS: A não ser que você queira apenas usar a camiseta de um grupo famoso, academia badalada, ou sei lá o que, DÊ VALOR AO SEU DINHEIRO. O importante em qualquer tipo de treinamento, seja ele na pista, ginásio ou academia, são os ajustes. Somos seres extremamente complexos, e estamos sujeitos a um número enorme de variações.
Seu professor, treinador, técnico… tem a obrigação de analisar as variáveis e ajustar o seu treinamento à situação. Modelos de fichas, programas de treinamento… temos na internet, de graça, e feitos por profissionais competentes. MAS NÃO É ISTO QUE FAZ A DIFERENÇA. O importante é o contato no dia a dia, os ajustes, adequações…
A obrigação do profissional é de estimular, analisar, dar reforço… Enfim, usar a cabeça.
Todos os dias que chegar à academia, converse com seu professor, diga a ele se dormiu bem, o que fez no final de semana, se está passando por uma fase difícil ou se está motivado… Se ele não tiver interessado nisto ou até te perguntando, é hora de pensar em um profissional melhor.

CategoriasSem categoria